sábado, 5 de novembro de 2016

'Me sinto privilegiado', diz adventista que esperou 6 horas para fazer Enem

Gabriel Rocha fica feliz em ver a sua religião sendo respeitada.
Sabatistas começarão as provas às 19h de sábado (5).

Concentração é a palavra-chave para os alunos que vão prestar as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além disso, os estudantes que, ao preencherem a inscrição se declararam sabatistas, vão precisar controlar a ansiedade e esperar por seis horas até o início das provas no Alto Tietê.
Gabriel da Rocha Costa, tem 17 anos e vai prestar o exame em Itaquaquecetuba. Ele vê o tempo de espera como um aliado para o bom resultado. “Temos que nos preocupar não só com o preparo acadêmico para a prova, mas também com o preparo físico e psicológico. Eu não vejo esse tempo de espera como algo que me prejudique, pelo contrário, acho que pode ser algo a meu favor, me sinto privilegiado. Naquele momento eu posso relaxar e vou ficar mais tranquilo. Diferentemente dos outros alunos, eu não vou estar acelerado, vindo direto de casa, com uma refeição para prova. Eu vou poder descansar antes.”
Gabriel começou a participar da Igreja Adventista aos dez anos por influência dos tios (Foto: Gabriel Rocha/ arquivo pessoal)Gabriel começou a participar da Igreja Adven-
tista aos dez anos por influência dos tios
(Foto: Gabriel Rocha/Arquivo Pessoal)
Assim como todos que vão prestar a prova, os adventistas devem chegar aos locais até 13h, horário em que os portões serão fechados. Por conta da tradição da religião de “guardar o sábado”, esses alunos vão começar a prova somente às 19h.
Em todo o Brasil, são 76 mil estudantes que terão de esperar ao menos seis horas após o início oficial do exame para começar as suas provas.

 O número é inferior aos mais de 85 mil que se inscreveram no exame de 2015. No domingo (6), a aplicação da prova segue o mesmo padrão para todos os inscritos.
Gabriel começou a frequentar a Igreja Adventista por influência dos tios, aos 10 anos. De lá para cá, se envolveu nas atividades sociais e religiosas da igreja. Os sabatistas reservam o sábado para oração e serviços para a sociedade, por isso, os adventistas, judeus e batistas do sétimo dia, ficam isolados em salas especiais até o momento que o sol se põe para começar a prova no sábado (5).